acne-depois-dos-trinta-produtos

Acne depois dos trinta: produtos que já testei

Acne depois dos trinta: produtos que já testei

Depois de velha meu povo as espinhas resolveram voltar a me atormentar. Já fui à ginecologista para ver se o problema eram os ovários micropolicísticos, mas meu ultrassom deu certinho , sem nenhuma indicação da síndrome.

A acne nem sempre foi um problema que me atormentou. Até meus 23 anos eu não tinha o rosto cheio de espinhas. Nascia uma ou outra mas nada que deixasse marcas. Mas depois um estresse emocional intenso que tive por volta dos 24-25 anos minha pele estourou de tanta espinha e noto que sempre que o emocional não está muito bom o problema se agrava.

Nessa época também eu desenvolvi a tal síndrome dos ovários micropolicísticos, mas não quis tratar porque tinha que tomar anticoncepcional e sempre tive medo de tomar. O jeito na época foi tratar com tudo que era dermocosmético tópico. O problema passou depois que fiz um tratamento com ácidos e sabonetes específicos. Mas agora, voltou!!!

Os hormônios e as espinhas

Como eu falei no tópico anterior eu não queria tomar hormônios para espinhas. Mas a coisa ficou tão feia que em 2011, por recomendação da dermatologista, resolvi tentar. Ela passou uns hormônios para tentar modular a acne. Para quê, quase morro de tanta dor de cabeça. Ela chegou à conclusão que eu não podia tomar. Foram dois de terror!

Pesquisei e vi que havia uma série de pessoas que tinham reações adversas ao tratamento e decidi não continuar. Você já viram o tamanho da bula de um anticoncepcional e de hormônios sintéticos ? E os efeitos que essas pragas causam? Horríveis. No meu caso eu não podia tomar de jeito nenhum, a não ser que quisesse ter algum problema circulatório.

O que já usei e não deu certo.

Já usei vários para combater as espinhas,  desde as alternativas naturais até os dermatológicos com exceção do famoso Roacutan.

Esse eu não uso nem que paguem para usar, porque também já ouvi horrores sobre os efeitos colaterais. Mas vamos ver a minha lista de testados e reprovados para minha pele, o que não necessariamente pode ser o seu caso.

1 – Clindoxyl

Não foi pra mim e fez nascer mais espinhas, além de ressecar a pele. Não foi indicação da dermatologista . Ela na verdade passou outro ácido fabricado pela mesma empresa (Stiefel), o Solugel, que é só peróxido de benzoíla e como estava faltado eu comprei o Clindxyl e me dei mal.

2 – Sabonete Asepxia para pele oleosa e com acne

Esse não presta pra nada , ao menos pra mim foi a maior decepção. A propaganda na TV é linda, mas só fez ressecar a minha pele e não resolveu o problema das espinhas.

3 – Gel secativo para Acne Asepxia Camuflagem

Outro da Asepxia que foi só decepção. Não secou minhas espinhas e ainda deixou aquela aparência de pele borrada. Já fiz resenha desse produto aqui no Blog. Veja a resenha aqui: GEL SECATIVO ASEPXIA

4 – Sabonete em barra Effaclar da La Roche-Posay

Ganhei uma amostra para testar e comigo também não funcionou. Deixou a pele ressecada, repuxando. Eu gosto de muitos dos produtos da La Roche, mas esse não caiu bem para  a minha pele.

5 – Sabonete em barra Neutrogena limpeza profunda

É bem baratinho e seria ótimo se funcionasse na minha pele, mas só faz ressecá-la assim como o sabonete Effaclar.

O que já usei e deu certo.

Essa é a listinha amiga, de produtos que funcionaram direitinho na minha pele. Essa coisa de pele é complicada, pois o que funciona para mim, pode não funcionar bem para você e vice-versa. Mas confira a lista:

1 – Dermotivin Control sabonete líquido

Uso há anos e não largo dele. Já tentei trocar por outros sabonetes mas sempre o mantenho ali porque sei que ele  funciona perfeitamente na minha pele. Remove a oleosidade excessiva, não deixa a pele ressecada e dá um chega pra lá nas espinhas. Vou intercalando com outros sabonetes, mas nunca deixo de tê-lo na prateleira. Veja a resenha dele aqui: RESENHA DERMOTIVIN CONTROL

2 – Sébium Gel Moussant da Bioderma

Outro sabonete queridinho que limpa sem ressecar e ajuda a controlar  a oleosidade. Não é tão potente quanto o Dermotivin mas faz o seu trabalho direitinho. Uso sempre na limpeza da manhã e deixo o Dermotivin pra usar à noite a fim de fazer aquela limpeza mais caprichada. Você pode ver a resenha dele aqui: RESENHA SÉBIUM GEL MOUSSANT

3 – Gel de limpeza para pele com acne Moderm

Outro que me surpreendeu porque é bem baratinho e funciona que é uma beleza é o gel de limpeza para pele com acne da Moderm Lab. Se corantes, com colágeno e deixa a pele bem limpinha e não resseca. Você confere a resenha dele aqui: GEL DE LIMPEZA MODERM

4 – Differin 0,3%

Um ácido cujo o princípio ativo é o adapaleno, substância nova para o tratamento de acne, age desobstruindo os poros e também dá uma clareada na pele. Em duas semanas já é possível ver diferença no rosto, que fica menos inflamado e com os poros reduzido. Em mim, esse foi o resultado.

Eu parei de usar porque tinha acabado e achava que a acne não ia voltar, mas bastou ter um estresse intenso no trabalho, há mais ou menos dois meses pra coisa arrebentar a minha pele. O Differin foi indicado pela minha dermatologista.

Ele não descama a sua pele de cara como a maioria dos ácidos e vai uniformizando a pele aos poucos. Tem que ter paciência, mas funciona muito bem. A última vez que comprei saiu por quase noventa reais a bisnaga de 45g. Rende bem, em média quase três meses usando uma vez ao dia. Para usar você deve consultar um dermatologista.

5 – Solugel

Para potencializar o tratamento da acne, minha dermatologista sugeriu combinar o Differin com o peróxido de benzoíla 0,4%, o Solugel, que é do mesmo fabricante do Clindoxyl .

Ao contrário do Clindoxyl, que não caiu bem para minha pele, o Solugel foi uma grata supresa. Amei o resultado combinado. Ela orientou que eu usasse em dias alternados, intercalando com o Differin.

O resultado foi muito bom, pele sem espinhas e com uma boa suavizada nas marquinhas de acne. Custa em média R$50,00. Para usar você deve consultar um dermatologista.

6 – Sébium Pore Refiner da Bioderma

Esse eu uso para ajudar a manter os poros mais fechado. O Sébium Pore Refiner é um corretor de poros com alguns ativos naturais. Dá pra perceber a contração dos poros já na primeira aplicação. Você pode conferir a resenha dele aqui: SÉBIUM PORE REFINER

7 – Gel secativo Neutrogena

Muito bom esse produto. Só achei um pouco caro, pois são quase trinta reais e vem bem pouquinho produto, mas vale cada centavo porque funciona de verdade. Veja a resenha dele aqui: RESENHA GEL SECATIVO NEUTROGENA e veja também a espinha ‘monstra’ que nasceu na minha pele e ele secou.

8 – Tônico Deep Clean limpeza profunda

Uso esse produto sempre após lavar o rosto com sabonete, mas limito a quantidade a duas vezes ao dia. Com ação adstringente ele ajuda a atenuar o brilho, os poros e retira aquele resto de sujeira que porventura tenha ficado mesmo após lavar o rosto com sabonete. Veja a resenha dele aqui: RESENHA TÔNICO NEUTROGENA

Bom meninas esses foram os principais produtos que já testei (os que lembro) e que posso dar a minha opinião como consumidora. Espero que possa ter ajudado vocês na hora de escolher. Qualquer dúvida pergunta aí que eu respondo, certo? Tenham um dia abençoado, cheio da graça de Deus.

Palavra do dia: Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei.

8 Comments

  • Reply Simone abril 15, 2016 at 1:16 pm

    Amo esta fruta e não conhecia os benefícios, amei o post, recebeu meu e-mail? Beijos

    • Reply Daniele Leite abril 15, 2016 at 10:17 pm

      Oi Simone, recebi sim, mas na hora de tentar instalar deu um erro. Não sei se pelo fato de eu ter atualizado recentemente a minha versão do wordpress… Mas eu agradeço mesmo assim.

  • Reply paulo julho 25, 2016 at 12:58 am

    Ótimo artigo, mas acredito que se pode ter um resultado melhor utilizando tratamento 100% funcional para acabar com as espinhas.

  • Reply Jessica Lara agosto 8, 2016 at 7:42 pm

    o Assepsia em sabonete para mim melhorou muito as espinhas so que permanece oleosa,oh god não sei mais o que fazer.

    • Reply Daniele Leite agosto 9, 2016 at 8:27 pm

      Infelizmente o Asepxia deixou a minha pele meio repuxadinha, ressecada, mas conheço pessoas que se deram bem com ele. Quanto às espinhas, desde que comecei a fazer peeling de diamante a melhora foi significativa na atenuação de cicatrizes e no surgimento de nova espinhas, mas acredito que mais que tudo isso que tenho agregado à minha rotina de cuidados, o essencial mesmo foi não negligenciar a limpeza diária e cuidar bem da alimentação.
      Bjos!

  • Reply Carla Amorim setembro 26, 2016 at 3:37 pm

    Ótimo artigo. Eu tenho a pele oleosa e sempre pipocam umas espinhas no meu rosto.

  • Reply claudia janeiro 14, 2017 at 12:12 am

    Olá!

    Pela primeira vez eu encontrei uma pessoa cujos produtos que ela usou bateram com os meus em relação ao resultado! Vou ficar de olho no seu blog daqui pra frente!! sucesso

    • Reply Daniele Leite janeiro 14, 2017 at 7:20 pm

      Que bom , isso mostra que temos peles parecidas. Sempre que testo algo novo coloco por aqui. Obrigada por acompanhar!

    Deixe aqui o seu comentário e se tiver um blog deixe também o link para eu poder visitá-lo.