ARROZ COM BRÓCOLIS TIO JOÃO COZINHA FÁCIL: PRÓS E CONTRAS

A fim de facilitar um pouquinho a minha rotina e ter uma opção prática para os dias em que não dá para cozinhar de forma decente, comprei o arroz com brócolis da linha Cozinha Fácil, da marca Tio João. A embalagem vem com dois saquinhos de aproximadamente 125g. Um saquinho dá tranquilamente para eu e meu marido e ainda sobra. A informação Nutricional do produto é a seguinte:

Porção de 62,5 g (1/2 saquinho cru)

Para prepará-lo, além de seguir as instruções da embalagem,(mas sem colocar a quantidade de sal que eles orientam) dei minha contribuição com um toque de azeite, quando o arroz estava quase no processo final de cozimento, dessa forma ele ficou bem mais soltinho.

Para acompanhar o arroz, fiz um omelete de queijo com açafrão, salsa e azeitonas verdes, cuja receita eu ainda vou publicar aqui.

SOBREMESA
A sobremesa foi um manjar branco com calda de ameixa 100% sem lactose. A receita? Vou publicar aqui.

PONTOS POSITIVOS

O sabor é um dos pontos positivos desse arroz e também o tempo de preparo. Em aproximadamente 25 minutinhos estava prontinho. A presença do brócolis , mesmo que desidratado é outro fator que considero interessante.

PONTOS NEGATIVOS

Apesar do  teor de sódio ser considerável e ser um arroz muito saboroso, o produto tem aquele realçador de sabor, o famoso glutamato monossódico, relacionado com doenças como enxaqueca, hipertensão e algumas alergias.  portanto não é muito saudável. Também contém aromatizante. O preço não é muito amigável. Enquanto 1kg de arroz comum da mesma marca custa em média R$2,19, o pacote com os dois saquinho de arroz totalizando 250 g custam R$4,95, ou seja, dá para comprar dois quilos do arroz convencional e ainda sobra um troco.

CONCLUSÃO

Vale a pena comprar? Sim, vale se você não consumir todo dia, o que seria além de caro, uma forma nada saudável de comer, pois o arroz é muito artificial, dada a sua composição com aromatizantes e glutamato monossódico.

Portanto, caros leitores, é um arroz de emergência que não deve virar hábito. É aquele prato que fazemos quando realmente não sabemos o que vamos fazer naquele dia, ou por falta de tempo, ou por falta de criatividade. Eu , geralmente compro um a cada dois , três meses e sempre o com brócolis porque os outros sabores da mesma linha são ainda mais venenosos. Mas quanto ao sabor, não dá para negar que é uma delícia!

No Comments

Deixe aqui o seu comentário e se tiver um blog deixe também o link para eu poder visitá-lo.