quadro e mesa

Sem murmuração: por que murmurar desagrada a Deus?

Sem murmuração: por que murmurar desagrada a Deus?

Se formos olhar a história do povo de Deus poderemos notar que diversas vezes o povo colheu desgraças quando adotou uma atitude de murmuração.  No deserto Deus alimentava o povo com carne de cordonizes, maná que caia do céu e ainda assim o povo, ingrato, reclamava e o fazia com tanta audácia que chegava a afirmar que ela melhor ser escravo no Egito, pois lá a comida era boa. Imagina só se você fosse Deus por um dia e tivesse que lidar com essa situação? Acho que não sairia coisa boa não e mesmo?

Enumerei alguns exemplos , segundo a Bíblia, para dizermos não à murmuração

1- Quando murmuramos, damos mal testemunho:

Fazei todas as coisas sem murmurações nem contendas; Para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis, no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo;
Filipenses 2:14,15

2- Quando murmuramos estamos dizendo que o que Deus nos dá não presta

Aquele que murmura mostra um coração ingrato e muitas vezes não pedimos por necessidade , mas para satisfazer algum desejo  ou capricho. A Bíblia nos fala que Deus nunca desamparou aqueles que o buscam. Deus suprirá nossas necessidades e se for do seu agrado, por sua graça, atenderá também os desejos do nosso coração, mas tudo isso passa por uma atitude de verdadeira gratidão e com a decisão de não murmurar.

3 – Quando murmuramos, afastamos as bênçãos de Deus

O povo de Israel começou a murmurar no deserto, quando foi liberto da escravidão do Egito. Tinha muito o que agradecer, mas ficaram olhando para as comidas aprazíveis do Egito e duvidando que Deus cuidaria deles no deserto. O povo reclamou quando faltou água, quando faltou carne e quando Moisés subiu ao monte para orar. O povo reclamava o tempo todo.

O resultado de toda essa ingratidão? Muitos pereceram no deserto e não chegaram a ver a terra prometida:

“Depois falou o Senhor a Moisés e Arão, dizendo: Até quando sofrerei esta má congregação, que murmura contra mim? Tenho ouvido a murmuração dos filhos de Israel, com que murmuram contra mim. Dize-lhes: Assim eu vivo, diz o Senhor, que, como falastes aos meus ouvidos, assim farei a vós outros. Neste deserto cairão vossos cadáveres, como também todos os que de vós foram contados segundo toda a vossa conta, de vinte anos para cima, os que dentre vós contra mim murmurastes; Não entrarão na terra, pela qual levantei a minha mão que vos faria habitar nela, salvo Calebe, filho de Jefone, e Josué, filho de Num.” (Nm 14.26-30).

4- A murmuração é um atraso de vida

Segundo a maioria dos historiadores , a distância de entre o Egito e Israel (em linha reta) era de no máximo 485 km, mas os o povo levou quarenta anos para fazer um percurso que levaria alguns poucos meses, ou seja, muito menos tempo se estivessem focados em obedecer a Deus e não gastassem o seu tempo murmurando de tudo aquilo que Deus lhes dava.

Eles tinham um motivo grande, imenso para agradecer: a libertação da escravidão, mas preferiram olhar para coisas menores que não tinham e reclamar. Por conta disso, Deus não abençoou aquele povo e o mesmo ficou quarenta anos no deserto, andando em círculos e se privando de um terra boa que Deus já tinha dado a eles.

5 -A murmuração é um pecado

Quando murmuramos estamos pecando contra Deus, pois em boa parte da bíblia a murmuração é tratada como sendo mais que uma reclamação, mas como rebeldia. A nação de Israel  estava se rebelando contra o que Deus havia decidido ser o melhor para Eles. Deus os libertou, os alimentou e os guiou e ainda assim foram rebeldes, chegando ao ponto de adorarem um bezerro de ouro.  O pecado da murmuração, da ingratidão levou ao pecado da idolatria.

 

O que a murmuração revela sobre nós

olhar

Quando murmuramos revelamos algumas coisas acerca de nós mesmos, de como anda o nosso coração. Devemos olhar para o nosso interior e pedir a Deus que limpe o nosso coração dessa prática pecaminosa que é murmuração. Olha o que a murmuração mostra sobre nós:

  • Mostra um coração invejoso;
  • Mostra falta de fé;
  • Revela nossa ingratidão;

Geralmente murmuramos por  coisas que não temos e porque queremos essas coisas que vemos outros terem, ou ainda porque não acreditamos que Deus poderá transformar nossa realidade ou ainda porque somos insaciáveis e queremos sempre mais do que aquilo que necessitamos.

O que fazer para não cair no pecado da murmuração?

Toda vez que o nosso coração quiser se inclinar para a prática da murmuração devemos lembrar aquilo que Deus fez por nós, em Cristo,  à semelhança do que Deus, por intermédio de Moisés fez pelo povo: Ele nos libertou da escravidão. No Egito ,o povo foi liberto da escravidão física; nós, porém, fomos libertos do pecado e da morte eterna. Deus  convergiu, em Cristo,  todos em um só povo, judeus e gentios. Esse já é por si só um motivo e tanto para agradecermos.

Quanto às outras coisas que precisamos enquanto estivermos de passagem nesse mundo, Deus as proverá e nos dará além, se for sua vontade e aprendermos a honrá-lo,  cultivando um coração verdadeiramente grato.

Para não cairmos na tentação de murmurar e com essa queda pecarmos, devemos sempre ter o coração grato. Em tudo dai graças, pois essa é a vontade de Deus. Deus não é maus e não nos dará uma cobra se lhe pedirmos um peixe. Deus dá coisas boas aos seus filhos, mas esses precisam ser gratos nessas pequenas coisas com as quais Ele nos agracia.

Desejo que Deus dê a você um coração transbordante de gratidão. Um excelente domingo!

Palavra do dia: Fazei todas as coisas sem murmurações nem contendas;
Filipenses 2:14

 

 

 

2 Comments

  • Reply Ananza setembro 9, 2016 at 9:43 pm

    Estava na mesa conversando sobre isso hoje! A falta de obediência à Deus nos trás consequências muitas vezes irreversíveis. E de fato a murmuração faz a gente andar em círculos. Perfeito texto❤

    • Reply Daniele Leite setembro 9, 2016 at 10:23 pm

      É verdade Ananza, ela nos faz andar em círculos assim como o povo de Israel. Quem deseja crescer em todos os sentido, deve aprender a ter um coração grato 🙂

    Deixe aqui o seu comentário e se tiver um blog deixe também o link para eu poder visitá-lo.