mulher orando

Batalha espiritual: Vista sua armadura protetora todo os dias

Share

Batalha espiritual: Vista sua armadura protetora todo os dias

Que já não se viu carregando coisas além do necessário? Eu já. A minha bolsa que o diga. Eu carregava tanta coisa que acabava ficando com dores nas costas. Depois de refletir sobre qual seria o meu equipamento diário , passei a levar menos coisas na minha bolsa, mas não negligenciei o necessário. Com a batalha espiritual acontece algo semelhante. Não devemos carregar nada desnecessário,  que atrapalhe a nossa missão, mas também não podemos ir à batalha despreparadas. Temos de vestir a nossa armadura protetora todos os dias.

A nossa luta

guerraPaulo nos disse em Efésios 6: 10-11, que devemos vestir toda a armadura de Deus para que possamos ficar firmes contra as ciladas do Diabo. Note que o verbo está no imperativo. Deus nos ordena , nos conclama a vestirmos essa armadura e se Ele nos ordena é porque é necessário, para o nosso bem.

A nossa luta não é contra carne e sangue, mas contra as potestades, as forças espirituais das trevas  que operam neste mundo. Essas forças fazem com que pessoas se levantem contra nós, que professamos o nome de Cristo e a ele pertencemos. Estamos em guerra. A razão de estarmos vestidos com a armadura de Deus é para poder resistir a essas forças.

Quem  nunca foi alvo de uma perseguição no trabalho, ou em outro ambiente e isso sem explicação? Sabe quando as pessoas não possuem um motivo aparente para terem raiva de você mas ainda assim te perseguem? Não foque na pessoa, certamente ela é apenas um pião nessa guerra espiritual para fazer você tropeçar. Ao invés de cair na armadilha, ore. Vença com as armas espirituais.

A armadura

armaduraEfésios 6:14-18 menciona quais são as partes da armadura de Deus. Paulo faz uma analogia com a as partes da armadura de um soldado romano:

O cinto da verdade

Os soldados romanos vestiam-se com uma espécie de cinto que se assemelha ao que os levantadores de peso usam para ganhar força e apoio. Dessa forma os soldados ficavam mais fortes para enfrentar o inimigo.

Na nossa vida espiritual também precisamos dessa força e isso significa que devemos nos cercar da verdade da Palavra de Deus para que nos mantenhamos fortes, assim como esse cinto que circunda a cintura do soldado e o faz ficar firme.

Cingir-se com o cinto da verdade é conhecer a Palavra de Deus e estar pronto para ficar firme quando o inimigo vier com suas investidas, usando mentiras, povoando a nossa mente de engano.  Se estivermos cingidas com o cinto da verdade descartaremos com facilidade as mentiras do inimigo.

A couraça da justiça

A couraça de metal dos soldados romanos cobria-lhes o peito, a fim  de evitar um golpe fatal no coração. Somos justificados pelo sangue de Cristo e quando Deus olha para nós vê a perfeita justiça de Cristo que nos cobre o coração. Vestir a couraça da justiça é trilhar os caminhos de Deus em obediência a Ele. É escolher depender de Deus ao invés de nos fiarmos na nossa própria sabedoria. A cada passo que damos longe de Deus o inimigo se fortalece e contamina nossa vida.

O evangelho da paz

Os soldados romanos calçavam sapatos militares bem reforçados e as solas lembravam muito as solas das chuteiras que conhecemos hoje. Com o pés protegidos e firmes era mais seguro guerrear, manter-se de pé. O inimigo não quer nos ver firmes, pelo contrário, quer ver-nos ansiosos, temerosos, derrotados, sempre esperando o pior, mas Deus quer nos dar a paz que excede todo o entendimento.

O escudo da fé

Todo soldado precisa de um escudo para protege-lo dos ataques do inimigo. Na época do império Romano, as ramas eram flechas e espadas. Os dardos, às vezes, eram inflamados e os soldados se protegiam deles com um bom escudo.

Da mesma forma o inimigo atira dardos espirituais com o objetivo de nos atingir o coração com desânimo, ansiedade, medo e incapacidade. A nossa fé em Deus é esse escudo protetor que barra as flechas inflamadas do inimigo. Precisamos acreditar que Deus nos guarda, que Ele é nosso escudo e fortaleza. A fé dissipa o medo e nos enche de coragem.

O capacete da salvação

O capacete do soldados romanos era feito de metal resistente e havia um forro interno para tornar o peso aceitável.  Salvação significa libertação, adoção, justificação, perdão, etc. E não há dúvida de que, ao saber que a nossa alma está segura em Cristo, não temeremos a batalha, pois nada nos separará do amor de Deus.

O inimigo vai tentar fazer-nos pensar que não somos amados, que Deus não nos perdoou ou ainda que precisamos fazer algumas coisa para sermos aceitos. O que precisava ser feito para sermos aceitos já o foi: a morte de Cristo na cruz. Use o capacete da salvação todos os dias, lembrando do que Cristo fez por você.

A espada do Espírito

O termo grego para espada é “machaira” , e significa espada curta, ou seja , que dizer que você poderá ficar bem próximo ao adversário.  De todas as peças da armadura, essa é a única que pode tanto ser usada para a defesa quanto para o ataque. A espada do Espírito é identificada como a Palavra de Deus. Jesus a usou quando foi tentado no deserto e venceu.

Cada vez que lemos a Bíblia nos fortalecemos e suas palavras vão criando raízes em nossos corações. Quando o inimigo ataca podemos utilizá-la para , se a manejarmos bem, para nos livramos das suas artimanhas do e fazê-lo bater em retirada.

Uma decisão

Decida vestir a armadura de Deus todos os dias. Vigie. Ore em todo o tempo. Esteja preparado para  a batalha. Embora Paulo não mencione a oração com uma das peças da armadura, sabemos que é uma prática essencial para nos manter firmes, pois tudo deve ser feito sob a orientação de Deus, nosso Senhor.

Comece lendo mais a Palavra de Deus, separe um tempo para isso todos os dias. Defina um horário certo para orar, sem desculpas e priorize, mas ore em espírito todo o tempo também. Tenha um caderninho de oração, compartilhe com amigos verdadeiros e orem uns com os outros.

Palavra do dia:  O Senhor Deus é sol e escudo; o Senhor concede favor e honra; não recusa nenhum bem aos que vivem com integridade.  Salmo 84:11

6 Comments

  • Reply Isabel Borgert setembro 13, 2016 at 12:39 am

    Pois é Dani seu texto me leva a refletir e a perceber quanto é importante estarmos atentos e vigiar.
    Acho que o local de trabalho é o local mais impactante neste aspecto.
    Sou fragil neste aspecto e por mais que vista a minha couraça tenho sofrido duros golpes,
    O que tenho feito é orar e me manter distante das pessoas mais carregadas.
    Lindo post, bem esclarecedor.
    Bjão excelente semana pra você.

    • Reply Daniele Leite setembro 13, 2016 at 3:59 am

      É sim Isabel, o local de trabalho é um dos piores campos de batalha, pois há pessoas de todo tipo e há aquelas que não suportam ver o seu crescimento, o seu sucesso e nem a sua simpatia. Só Deus para nos guardar da maldade humana, por isso é necessário estar sempre em comunhão com Ele, orando.
      Abraço e uma excelente semana

  • Reply Ananza setembro 14, 2016 at 11:52 pm

    Tinha passado outro dia por esse post, fiquei de voltar e ler e não fiz na hora. E agora estou pensando, o quão importante esse assunto é! O quanto andamos desapercebidos e deixando “para daqui a pouco” aquilo que Deus está a todo tempo nos incomodando… Precisamos estar como sentinelas em todo tempo, revestidos da armadura de Deus! Post importantíssimo. 🤔😘

    • Reply Daniele Leite setembro 16, 2016 at 5:43 pm

      É imprescindível. Se não estivermos preparados , a vida nos suga com o seus problemas. Estar sempre alerta como um bom soldado e fiel às ordens de nosso comandante e general é indispensável para vivermos uma vida mais pacífica nesse mundo.
      Abraço!

  • Reply Princesas Do Rei setembro 19, 2016 at 10:01 pm

    Que mensagem linda! Esse final de semana, o preletor nos mencionou sobre isso! Muitas das vezes perdemos o foco, por deixarmos a armadura de lado! Lindo texto! Muito edificante mesmo!!! Deus falando conosco sobre esse tema mais uma vez! Deus lindo! *-*

    • Reply Daniele Leite setembro 19, 2016 at 11:35 pm

      Deus tem me alertado sobre isso também. A nossa vida nessa terra consome muito o nosso tempo e acabamos esquecendo que há uma batalha que não vemos. Sempre antes de sairmos de casa, tomarmos decisões, fazermos qualquer coisa, devemos orar, pedir a direção de Deus, estar sempre meditando em sua Palavra. O inimigo usa na cara dura as pessoas que estão ao nosso redor, sem Cristo, e até aquelas que t~em Cristo também, mas estão negligentes, para nos atingir. Precisamos vigiar e estar atentos.
      Grande abraço!

    Deixe aqui o seu comentário e se tiver um blog deixe também o link para eu poder visitá-lo.