minimalismo no seu guarda-roupa

Como aplicar o minimalismo ao seu guarda-roupa?

Share

Como aplicar o minimalismo ao seu guarda-roupa?

Reduzir nossas peças de roupa pode nos poupar tempo, dinheiro, espaço e nos livrar do estresse. Poupa-nos tempo porque não teremos tanta coisa para arrumar; dinheiro, porque pensaremos duas vezes antes de comprar o que não precisamos e espaço, eu nem preciso falar não é mesmo? rsr. Aplicar o minimalismo ao seu guarda-roupa é uma das maneiras de conseguir isso.

Separe as roupas em três categorias

Para ter um guarda-roupa minimalista ou se você não deseja ser minimalista e simplesmente quer desocupar um pouco de espaço e se estressar menos na hora de compor um look comece dividindo as suas roupas em três categorias: Verde, Vermelho e Amarelo, como se fosse um semáforo mesmo, indicando o que deve seguir, o que deve parar e o que ainda está na indecisão. Amarre uma fitinha em cada peça e comece a separar.

As roupas da categoria verde devem ir para o a pilha tesouro, as da categoria vermelha para a pilha remoção e as da categoria amarela para a pilha molho.

Começando a organização

Para começar a organizar retire todas as roupas do armário e ponha sobre a cama. Para saber o que é vermelho, o que é verde e o que é amarelo, vista e dê uma olhadinha no espelho. Veja se ainda fica bem em você, se você se sente confortável vestindo aquela peça.

A pilha remoção

Se achar que está sem graça, experimente uma sobreposição para ver se dá para aproveitar tal roupa. Às vezes, algumas roupas só precisam de um bom acessório ou de uma terceira peça para mudarem de cara. Mas lembrando que isso não significa comprar algo novo, você deve procurar usar o que já tem.

Mas mesmo depois de todo esforço com tal peça de roupa ainda não houve aquela química, é hora de colocá-la na pilha de remoção. Remova da sua vida, venda, doe…

A pilha tesouro

Já as peças que deixaram você feliz, realçaram sua cor e levantaram seu astral, devem ir para a categoria tesouro, essas têm valor.

A pilha molho

Aquelas que deixaram alguma dúvida coloque na pilha molho, para pensar depois a respeito e decidir com calma. Não adianta,  no afã de fazer uma limpeza no armário, acabar doando peças que depois você vai sentir falta. Não descarte nada que estiver com dúvida.

Organize as roupas em módulos

Quando organizamos nossas roupas em módulos fica muito mais fácil saber o que temos e não ficar repetindo aquela frase: “Ah, eu não tenho que vestir”.

Eu descobri , com essa organização, que tenho calças jeans o suficiente para trabalhar por duas semanas sem repetir, mas como eu não colocava-as todas juntinhas e separadas por cores eu sempre acabava comprando mais uma porque eu nem sabia direito o que eu tinha no armário.

Quando organizamos nossas roupas e acessórios em módulo tomamos conhecimento de uma grande verdade muitas vezes: Temos mais que o necessário.

O mundo da moda mudou

modelo

Antes comprávamos roupas no máximo duas vezes ao ano, no aniversário e no Natal. Hoje temos um número incontável de coleções chegando às vitrines toda semana.

Uma infinidade de coleções

Essa infinidade de coleções tem um propósito! Nos deixar mais bonitas? Sim e não! O intuito mesmo é vender. É um negócio e claro que quem o criou deseja prosperar, mas você não deve empobrecer para outros prosperem sem medida.

Lembro que que assisti a uma palestra da consultora de estilo Andrea Fialho, no Sebrae aqui da minha cidade, ela confessou que economizou dinheiro para comprar um carro depois que otimizou o seu guarda-roupa.

E é assim , mesmo. Vamos gastando sem perceber e se pusermos na ponta do lápis tudo que foi embora em bolsas, sapatos, hits fashions do momento e coisas afins , chegaremos à conclusão de que fomos um pouco (muito) imprudentes. 

Ah, mas eu gosto de seguir as tendências e agora?

vitrine de loja

Mas você pode me dizer o seguinte: – Dani, eu gosto de andar na moda, seguir as tendências. E eu vou aconselhá-la a não fazer isso o tempo todo, ou pelo menos maneirar no consumo, a não ser que você ganhe essas roupas ou tenha muito dinheiro para gastar em novas aquisições.

Ainda assim vai chegar um ponto que terá de se desfazer de parte delas ou então terá um bom trabalho para manter tudo organizado e levará bastante tempo na hora de escolher algo e o pior não conseguirá usar metade delas porque um percentual considerável dessas roupas ficará longe do seu alcance visual.

Na pior das hipóteses você terá que contratar alguém para organizar e planejar o seu guarda-roupa e garantir que todas as peças serão usadas.

Se você não for nenhuma celebridade ainda uma profissional do ramo da moda ou ainda uma blogueira cujo foco são os looks do dia, não faz sentido ter um guarda-roupa gigantesco que ultrapasse  as suas necessidades e alguns desejos.

Menos coleções, mais compras inteligentes

A mudança da moda acontece mais rápido do que o desgaste das nossas roupas, por isso ao invés de comprar itens a cada nova coleção que as lojas lançarem, escolhamos investir em peças mais clássicas, atemporais , que não ficam fora de moda.

Dessa forma, além de não lotarmos nossos armários, closets ou guarda-roupas com um monte de roupa que não conseguiremos usar, faremos uma baita economia. Isso é consumo consciente e inteligente.

Livre-se do que é antiquado, do que não cabe, do que não combina mais com você

Quando formos atualizar nossos guarda-roupas é necessário colocar na pilha remoção tudo aquilo que está antiquado demais, as roupas alegóricas que compramos por impulso nas liquidações e aquelas que não nos servem mais, seja por causa do nosso corpo que mudou ou porque não nos vemos mais nelas.

Eu por exemplo, depois que cheguei aos 35 senti que não daria mais para usar aquele vestido de quando tinha 23 e que ainda conservava no armário. Eu doei.

Não se sinta constrangido a seguir a maioria

Por fim, não se sinta constrangido em seguir a maioria. No exemplo que dei acima, eu não me sentia bem no vestido de quando tinha 23 e por isso doei a peça, mas se você tem algo mais antigo e o seu astral levanta quando você usa essa peça, não se importe com a oposição, use. Às vezes é necessário apenas uma pequena adaptação para que a peça ganhe vida  ou combine com a sua nova fase.

Sem pressão com relação às tendências, ok?

Não se sinta pressionada a seguir as tendências da moda, pois elas não passam de pura estratégia de marketing feita para vender.

Cabe a você se deixar ou não seduzir pelo apelo da mídia. Não quero dizer agora que o Marketing é a personificação do mal e que deseja apenas roubar o seu dinheiro, mas que você deve ter bom senso e saber diferenciar necessidade, desejo e compulsão. A decisão é sua. Resistir à tentação cabe a você.

Há algo de errado em comprar?

Não há nada de errado em se presentear com uma roupa nova, eu amo! Mas algo certamente doentio em comprar roupas de forma excessiva, sem controle. Compre com sabedoria, invista seu dinheirinho suado de maneira correta e seja feliz vestindo quem você é.

Espero que tenha gostado das dicas. Adotar o minimalismo quando o assunto é guarda-roupa fez uma boa diferença na minha vida e o que compartilho aqui são conselhos que tenho seguido e que têm me feito economizar bastante, o suficiente para viajar mais e ter um guarda-roupa que eu consigo usar de verdade.

Se você acredita que esse post vai ser útil para alguém, compartilhe. Aproveite ara me acompanhar também pelo Facebook: Fanpage Blog Daniele Leite

Palavra do dia: Então orou Ana, e disse: O meu coração exulta ao SENHOR, o meu poder está exaltado no SENHOR; a minha boca se dilatou sobre os meus inimigos, porquanto me alegro na tua salvação. 1 Samuel 2:1

4 Comments

  • Reply Juliana Abril 21, 2017 at 11:45 am

    Pasma com seu post!!!!! É bem isso mesmo, ando tentando mudar isso.Temos que deixar as coisas ao nosso favor.

    belezanaturalju.blogspot.com.br

    • Reply Daniele Leite Abril 21, 2017 at 11:59 pm

      É sim ! Comprar é muito bom, mas comprar com consciência e responsabilidade é melhor ainda!
      Bj!

  • Reply Vânia Maio 17, 2017 at 10:36 am

    Oiii cheguei hj…e adorei sua colocação….vou por em prática.

  • Deixe aqui o seu comentário e se tiver um blog deixe também o link para eu poder visitá-lo.