CONTROLANDO O NOSSO FALAR E ESPERANDO A JUSTIÇA DE DEUS

Share

“O homem é dono que cala e escravo do que fala. Quando Pedro me fala sobre Paulo, sei mais de Pedro do que de Paulo”
Essa frase atribuída a  Sigmund Freud nos diz muito em tão poucas palavras. O psicólogos costumam dizer que identificamos muito dos outros em nós mesmos e quando falamos dos outros na verdade estamos expondo um pouco de nós, poque identificamos no outro aquilo que o é em nós de certa forma. O nosso falar diz muito sobre quem somos.

Mas não quero seguir essa vertente nesse texto e sim a do poder que nossas palavras tem ,inclusive de atrapalhar a nossa vida, porque quem fala demais acaba cometendo transgressão, sendo injusto ou arrumando problemas que poderiam ser evitados se mantivesse a boca fechada. Há tempo para tudo, tempo para falar e tempo para calar.

“…tempo de rasgar e tempo de costurar, tempo de calar e tempo de falar,”Eclesiastes 3:7

QUANDO JULGAMOS…

Paulo, em Romanos, também nos diz que somos indesculpáveis quando julgamos alguém e isso porque pecamos do mesmo jeito,  mesmo que de formas diferentes. Então quem sou eu para julgar alguém que erra se sou passível de cometer o mesmo erro ou coisas piores? Mas calma isso não quer dizer também que devemos ficar calados diante de coias erradas

 

“Portanto, você, que julga, os outros é indesculpável; pois está condenando a si mesmo naquilo em que julga, visto que você, que julga, pratica as mesmas coisas.”Romanos 2:1

 

 
Mas o fato de sermos pecadores, de podermos cometer os mesmos erros que outros pecadores, não nos dá o direito de sermos omissos diante das injustiças, diante do que é errado. Aí se encontra a prudência no falar, a sabedoria. Paulo por vezes criticou aqueles que estavam agindo com dois pesos e duas medidas. O que podemos chamar de comportamento dissimulado. 
 

“Os demais judeus também se uniram a ele nessa hipocrisia, de
modo que até Barnabé se deixou levar.” Gálatas 2:13 (para entender melhor leia o capítulo 2 de Efésios)

“Erga a voz em favor dos que não podem defender-se,
seja o defensor de todos os desamparados. Provérbios 31:8

“Erga a voz e julgue com justiça; defenda os direitos dos
pobres e dos necessitados”. Provérbios 31:9

 
Vejo, por exemplo, que temos uma tendência natural de falar do outros. Mas uma coisa é identificarmos algo errado, criticarmos, defender o que é certo; outra é crucificarmos o autor do erro constantemente, trazendo o assunto à baila quase todos os dias como se nós fôssemos perfeitos o suficiente para não cometer erro algum. Certas coisas só devem ser ditas a Deus e comentadas entre os melhores amigos, mas não com o intuito de massacrar, mas de orar pelo problema. Se virmos algo errado jamais devemos defender o autor do erros, mas também não devemos deixar isso nos contaminar de tal forma que passemos a ser pessoas amargas, murmuradoras e que passemos a encarar tais pessoas como inimigos, pois nós sabemos quem é o verdadeiro inimigo.
Quando Cristo nos disse para não julgarmos, falou a respeito de apontarmos os defeitos dos outros sem reconhecer os nossos.

“Não julgueis, para que não sejais julgados. Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós” Mateus 7:1-2

IRAI-VOS E NÃO PEQUEIS

Sempre vai haver alguém errando. Na nossa família, no nosso trabalho, entre os nossos amigos. Isso é consequência o fato de sermos humanos e imperfeitos. Mas a nossa atitude fará toda a diferença para nossa vida e para a vida dessas pessoas que como nós erram. Em vez de apontarmos o dedo para o defeito ou atitude errada daqueles que convivem conosco, deveríamos ter um olhar de misericórdia. Mais uma vez saliento que não devemos compactuar com as injustiças e com os erros, mas uma coisa é exortar e outra é condenar.
Mesmo que nos iremos com as injustiças, não devemos deixar que a ira vá conosco para o travesseiro. É isso que temo, que comecemos a falar tão mal de outros que não enxerguemos os nossos próprios defeitos e pior alimentemos um sentimento doentio de raiva que pode nos maltratar intensamente.

“Irai-vos e não pequeis. Não se ponha o sol sobre  a vossa ira.” Efésios 4:26

E QUAL DEVE SER A NOSSA ATITUDE?

É incontestável que somos imperfeitos. Erramos todos os dias. Pecamos todos os dias. Por mais sábios que sejamos ( Veja o exemplo de Salomão) uma hora ou outra acabamos fazendo algo errado, principalmente se não vigiarmos constantemente.
A Bíblia diz que aquele homem que consegue controlar o seu falar é perfeito para também dominar todo o corpo. Até hoje não conheci um ser humano que não tivesse pecado através do falar. Parece que todos nós já caímos nessa armadilha pelo menos uma vez.

“Todos tropeçamos de muitas maneiras. Se alguém não tropeça no falar, tal homem é perfeito, sendo também capaz de dominar todo o seu corpo.”Tiago 3:2

 
A nossa atitude deve ser de submissão a Deus. Quando observamos algo errado e pudermos fazer a diferença devemos assim agir em nome da justiça, mas devemos antes orar para saber como proceder. Antes de afirmar algo sobre alguém procuremos saber da própria pessoa sobre os fatos e se tal pessoa mentir, ou não for de confiança, não percamos nosso tempo envenenando nosso coração contra tal pessoa; tampouco espalhemos suas atitudes para os demais. Não precisamos, porque gente desonesta e má se engoda nas próprias mentiras e Deus abate. Se pedirem nossa opinião sejamos sinceros e honestos, mas nos demoremos em falar dos outros.
A nossa postura deve ser entregar a Deus, desabafar com ele e com nossos amigos mais chegados, aqueles de confiança e isso não é fazer aquela rodinha de vamos analisar tal pessoa e julgar o que ela tem feito; mas devemos sentar para orar e pedir a Deus que nos dê um olhar de misericórdia e que Ele faça aquilo que não podemos fazer. Devemos ser pacificadores sem contudo deixar de defender o que é certo. é um desafio, mas Deus nos ajuda , se pedirmos.
“Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus.”
Mateus 5:9
Não estou dizendo para você defender o injusto, isso é errado ao olhos de Deus. Mas aja com sabedoria, pois mágoa e rancor só prejudicam a nós mesmos. Entregar nas mãos de Deus que julga com justiça é o melhor que podemos fazer e claro não nos calarmos diante do que é errado.
“Porque o Senhor não o desprezará para sempre.
Embora ele traga tristeza, mostrará compaixão, tão grande é
o seu amor infalível.
Porque não é do seu agrado trazer aflição e tristeza aos
filhos dos homens.
Esmagar com os pés todos os prisioneiros da terra,
negar a alguém os seus direitos, enfrentando o Altíssimo,
impedir a alguém o acesso à justiça; não veria o Senhor tais
coisas?”
Lamentações 3:31-36
Deus nos dê um coração cheio de misericórdia e que as suas misericórdias sejam abundantes sobre nós. Nos dê também um coração sábio que fala corretamente e defende o que é certo, mas que também sabe a hora de calar. Tenham um dia abençoado, cheio da graça de Deus.

Palavra do dia: Quem guarda a sua boca guarda a sua vida, mas quem fala
demais acaba se arruinando. Provérbios 13:3

 

4 Comments

  • Reply Fernanda Fevereiro 28, 2016 at 1:49 pm

    Tenho o problema de julgar quase todo mundo, sobretudo quando estou de mal com a vida ou triste… Pelo menos não sou do nível "julgo e saio fofocando", ainda assim, reconheço que minha atitude é bastante errônea. Sempre na hora em que isso acontece, reconheço que sou fraca e humana, e que não tenho total culpa disso, muitas vezes não é possível escolher os pensamentos que vamos ter, e erramos… Então eu peço o perdão de Deus, a ajuda Dele para que eu veja o mundo com outros olhos. E isso me mantém firme. Lindo blog! Deus abençoe!

    http://palavras-insanas.blogspot.com

  • Reply Daniele Leite Fevereiro 28, 2016 at 2:00 pm

    Somos imperfeitos Fernanda e não conseguimos mesmo controlar muitas coisas. Mas o bom é que Deus no ensina pela sua Palavra como proceder. Atitudes de humildade como a sua de reconhecer o erro são raras hoje em dia. Muitos seguem julgando e espalhando contendas e achando que isso é normal. Deus nos perdoa e nos ajuda a moldar nosso caráter a cada dia e como você mesmo disse 'ver o mundo com outros olhos'. Deus te abençoe!!!

  • Reply MARIA DE LOURDES BARROS julho 6, 2017 at 6:57 pm

    Olá Danielle, fiquei feliz em achar seu blog! Moro em Carangola Mg e também sou discípula de Jesus e seus textos muito tem edificado minha vida! Colocando mais sede pela Palavra de Cristo, e me alertando a vigiar e orar. Que Jesus continue abençoando sua vida e te usando para a glória Dele.

    • Reply Daniele Leite julho 6, 2017 at 7:43 pm

      Fico muito grata a Deus por ler esse comentário. Glória a Deus! Que bom que meus textos têm provocado esse efeito. Desejo de coração que Deus a abençoe mais e mais. Obrigada !!

    Deixe aqui o seu comentário e se tiver um blog deixe também o link para eu poder visitá-lo.