leite de soja

Os perigos da soja

Share

Os perigos da soja

A moda da soja virou hábito e hoje temos no mercado uma diversidade de produtos à base dessa leguminosa. Leite de soja, suco à base de soja, “carne de soja”… Mas até que ponto a soja é benéfica para o organismo?

Meu pai não gostava nenhum pouco de soja. Dizia que era um “feijão brabo”!!! Bom , depois de bastante pesquisar sobre o assunto e reunir opiniões de alguns especialistas, vejo que meu pai estava coberto de razão.

É preciso ter cuidado com o seu consumo. Eu, particularmente, utilizo alguns produto, mas sempre com bastante moderação, pois segundo pesquisas científicas e de estudiosos sobre o assunto, a soja pode trazer muitos malefícios se não for consumida corretamente.

A escritora e jornalista Sônia Hirsh, que escreveu vários livros com temas ligados à saúde afirma sobre a soja:

Nunca fui a favor, a não ser nas formas fermentadas: misso, shoyu, tempê, natô. Já no meu primeiro livro, Prato feito, que é de 1983, aviso que a soja não deve ser consumida como feijão.

A toxicidade da soja

Segundo ela quanto mais proteína, maior o nível de toxicidade. Como a soja é o mais proteico de todos os feijões é também o mais tóxico. Deve ser, portanto, consumida com muito cuidado.

A escritora afirma que a forma mais segura de introduzir a soja na alimentação é com o missoshiro, uma espécie de caldo de soja fermentada.

A importância de fermentar

grãos de soja

Apenas a fermentação tem o poder de neutralizar os altos níveis de ácido fítico, também conhecido como fitato. Este se constitui um anti nutriente, reduzindo a assimilação de minerais importantes e essenciais para o nosso organismo como o cálcio, magnésio, cobre, ferro e zinco.

Não adianta deixar de molho, cozinhar lentamente…Nada disso vai neutralizar a a ação do ácido fítico que vai literalmente roubar os minerais do seu corpo.

Bom, mas você pode me dizer: – Você está se baseando na opinião de uma jornalista… Não apenas. O medico Paulo Maciel possui vários artigos publicados em seu site sobre o tema e não defende o uso deliberado do alimento. ( Veja um desses artigos aqui: Ver)

Outro médico conhecido, o Dr. Alexandre Feldman, clínico geral e especialista em distúrbios como a enxaqueca, também nos presenteia com algumas publicações sobre esse assunto.

Segundo ele, corroborando a visão da jornalista, a forma saudável de consumir a soja é através de produtos oriundos da sua fermentação, no caso, o missoshiro e o shoyu.

Os defensores da soja

boa forma e soja

Mas há também aqueles que defendem cegamente a soja, afirmando que é o grão mais completo do ponto de vista nutricional.

Citam as isoflavonas, poderosos antioxidantes presentes no grão, com alta atividade anticarcinogênica. Afirmam que o alimento é ótimo como repositor natural de hormônios em mulheres na fase do climatério.

Os amantes da boa forma consomem a proteína isolada para ganho de massa magra e não são poucos os shakes do mercado que têm como base a proteína isolada de soja como o grande aliado para construção muscular.

Na dúvida, melhor moderar o consumo

Por via das dúvidas, é melhor moderar no consumo de leite de soja. Alguns sites defendem seu consumo sem restrições dizendo que não passa de uma teoria conspiratória essa história da soja fazer mal. Eu prefiro o equilíbrio. Já dizia o velho ditado: “Tudo demais é veneno”

Continuo consumindo, mas com moderação. O segredo de uma boa alimentação está no equilíbrio e não no radicalismo. Uma boa porção de variedade no prato pode fazer muita diferença.

Palavra do dia: Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo.
Efésios 6:11

No Comments

Deixe aqui o seu comentário e se tiver um blog deixe também o link para eu poder visitá-lo.