feliz consigo mesma

4 motivos para ser amiga de si mesma

4 motivos para ser amiga de si mesma

Muitas pessoas não são felizes consigo mesmas. Isso não se reflete apenas por fora ( a maioria do casos) , mas por dentro também. Hoje quero refletir junto com você sobre a importância de ser amiga de si mesma, de apreciar quem você é e de se dar o verdadeiro valor.  Quero dar a você alguns motivos para ser amiga de si mesma. Vamos começar?

1 – Para construirmos relacionamentos saudáveis

casal feliz

Entender e amar a si mesma é o primeiro passo para conseguirmos nos relacionar bem com as outras pessoas. Quando não compreendemos a nós mesmas, estaremos sempre arrumando confusão por onde quer que passemos e também destruindo nossos relacionamentos.

Como diz uma escritora cujo os livros aprecio bastante (Joyce Meyer) : ” O modo como nos vemos é o modo como as pessoas nos veem.”

Não podemos esperar que os outros nos tratem bem se nós não fazemos isso conosco. As pessoas percebem quando não gostamos de nós mesmas e passam a nos rejeitar.

Eu já estraguei muitas amizades por  esperar perfeição de pessoas que são pecadoras como eu e por ter esquecido que deveria olhar bem mais de perto para minhas atitudes. Sem saber eu rejeitava a mim mesma por não ser o que os outros esperavam que eu fosse. Eu esqueci de perguntar o que Deus queria que eu fosse.

2 – Para compreendermos nossas  fraquezas e ver que Deus pode usá-las para sua glória assim mesmo

fraquezas

Quem está em Cristo é nova criatura, as coisas velhas já passaram e tudo se fez novo pelo seu sangue derramado em nosso favor. Nosso valor vem do fato de Jesus ter morrido por nós e isso é tremendo. Não podemos ficar amarradas ao passado.

Somos seres pecadores, mas somos amadas por Deus e compreender isso deveria tirar todo o peso da perfeição de cima de nós, pois não podemos ser perfeitas nessa Terra, mas devemos ser sim separadas para a glória de Deus, buscando sempre agradá-lo em tudo. O que não podemos é viver batalhando dia a dia para vencermos as nossas fraquezas pelas nossa próprias forças.

Quando compreendemos quem somos, sabemos o nosso valor, fica muito mais fácil ver nossas incapacidades como algo que Deus pode resolver. Não consegue fazer isto ou aquilo outro? Lembre-se que Deus usou homens e mulheres comuns de forma grandiosa para realizar a sua obra.

Isso não significa que você deva ser um missionária para cumprir a vontade de Deus, isto significa cumprir os propósitos de Deus dentro de seu chamado que pode ser ensinar em uma universidade, testemunhar no seu trabalho, ou escrever num blog por exemplo. Não subestime o que Deus pode fazer através de nós, mesmo sendo fracas como somos.

A Bíblia está repleta de pessoas fracas que foram usadas para a glória de Deus. Ele é perfeito, nós não.

3 – Para nos importarmos menos com os julgamentos alheios e aprendermos a julgar menos os demais

rejeição-reflexões

Como você lida com os julgamentos alheios? Será que eles são tão fortes a ponto de criar discórdia consigo mesma? Quando nos importamos demais com que os outros pensam a nossa cabecinha começa a querer corresponder às expectativas de cada uma dessas pessoas e consequentemente nos perdemos de nós mesmas.

O mesmo vale para quando emitimos juízos contantes sobre os que nos cercam, esperando a perfeição deles quando nós mesmas sabemos que neste mundo nunca a alcançaremos. Cada um deve cuidar da própria vida diante de Deus pois é a Ele que prestaremos contas.

Quando compreendemos nosso valor em Cristo, que por causa dEle permanecemos de pé e não porque somos super crentes, lidamos melhor  com as críticas externas e também com as autocríticas. Passamos a julgar menos os outros porque sabemos que cometemos erros assim como eles. Os defeitos dos outros são entre eles e Deus, o nossos também. Admoestar é uma coisa, condenar é algo bem diferente. Não somos juízes.

4 – Para vivermos livres de conflitos

feliz consigo mesma

A nossa retidão não provém de nada que tenhamos feito, mas provém de algo que alguém reto fez. Cristo se sacrificou por nós para que tenhamos paz com Deus, conosco mesmas e com os outros. Não podemos deixar que o inimigo jogue no nosso coração qualquer centelha de dúvida quanto ao perdão que Deus no outorgou em Cristo. Esse perdão é real e verdadeiro.

Quando compreendemos isso podemos viver livres, amando a nós mesmas, sendo amigas de nós mesmas e não nos detestando pelos que pensamos, fizemos ou desejamos fazer algum dia. Podemos ser amigas de nós mesmas e termos relacionamentos felizes com as outras pessoas, sem conflitos, ou com o mínimo possível de discórdia.

 

Palavra do dia: Porque a loucura de Deus é mais sábia do que os homens; e a fraqueza de Deus é mais forte do que os homens.1 Coríntios 1:25

No Comments

Deixe aqui o seu comentário e se tiver um blog deixe também o link para eu poder visitá-lo.